TED e DOC: as tarifas de diversos bancos e como economizar na hora de fazer transferências em dinheiro

 

TED e DOC são as duas operações financeiras usadas para realizar a transferência de dinheiro entre diferentes bancos. Normalmente são cobradas taxas para a realização dessas transferências e se você quer economizar dinheiro, deve se informar sobre os custos e escolher a melhor forma de usar os serviços.

A tarifas praticadas para a realização de TED e DOC variam conforme de acordo com a instituição bancária e de acordo com as políticas comerciais de cada uma delas.

No pacote de serviços contratado pelo titular da conta, pode estar incluso um limite mensal para a realização de TED e DOC, sendo fundamental que você conheça bem os recursos que foram contratados e pelos quais está pagando todos os meses.

Para ajudar você, trazemos no artigo de hoje quais são as tarifas praticadas em vários bancos para a realização de TED e DOC, bem como dicas para que você possa economizar quando for fazer transferências de dinheiro. Continue a leitura para saber mais.

Diferenças entre TED e DOC

Existem algumas diferenças entre os serviços de TED e DOC que você precisa conhecer para entender melhor como eles funcionam e pensar nas melhores formas de economizar no pagamento das tarifas para fazer transferências de dinheiro quando você precisar.

A Transferência Eletrônica Direta, ou TED, foi criada no ano de 2002 para a realização de transferências em dinheiro entre instituições bancárias diferentes e é uma transação automática.

Através da TED, o dinheiro transferido cai na conta do favorecido no momento da transferência, caso a mesma seja realizada até o horário limite de 16h59 de dias úteis.

Até 2016, o limite mínimo para a realização de uma TED era de 250 reais, entretanto, atualmente, não existe um limite máximo ou mínimo para a realização da transação.

Já o Documento de Ordem de Crédito, o DOC, consiste em uma transferência em dinheiro para bancos diferentes com o valor máximo de até 4999,99 reais e diferente do que acontece no caso de uma TED, o valor não cai na hora na conta do favorecido, sendo necessário aguardar um prazo de compensação bancária, ou seja, de conferência dos valores pela instituição bancária.

Para que a compensação do DOC ocorra no mesmo dia, cada banco estabelece um horário diferente e depois dela, a transferência será efetivada no dia posterior.

Sendo assim, se você efetivar um DOC com um prazo de 1 dia útil em um sexta-feira, o dinheiro só vai cair na conta do favorecido na segunda-feira.

Veja a seguir os horários de compensação de DOC no mesmo dia nos principais bancos do país:

BANCO HORÁRIO MÁXIMO PARA COMPENSAÇÃO DO DOC NO MESMO DIA
Caixa 20h30
Bradesco 21h30
Itaú 20h30
Santander 22h15
Banco do Brasil 21h59

As tarifas de TED e DOC

De forma geral, as instituições bancárias cobram tarifas para que os clientes realizem TED e DOC e os valores variam de acordo com o meio usado para realizar a transação.

TED e DOC podem ser feitos por meio do autoatendimento em caixas eletrônicos, atendimento presencial ou pessoal, na própria agência bancária ou por telefone e internet banking, no site ou no aplicativo do banco.

Veja a seguir quais são as tarifas de TED e DOC praticadas pelos principais bancos do Brasil:

  • Caixa
    • Transferências por TED:
      • Presencial ou pessoal: R$ 17,50
      • Terminal de autoatendimento: R$ 9,50
      • Internet: R$ 9,50
    • Transferência por DOC
      • Presencial ou pessoal: R$ 17,50
      • Terminal de autoatendimento: R$ 9,50
      • Internet: R$ 9,50
  • Bradesco
    • Transferências por TED:
      • Presencial ou pessoal: R$ 18,40
      • Terminal de autoatendimento: R$ 10,00
      • Internet: R$ 10,00
    • Transferências por DOC:
      • Presencial ou pessoal: R$ 18,40
      • Terminal de autoatendimento: R$ 10,00
      • Internet: R$ 10,00
  • Itaú
    • Transferências por TED
      • Presencial ou pessoal: R$ 19,10
      • Terminal de autoatendimento: R$ 10,20
      • Internet: R$ 10,20
    • Transferências por DOC
      • Presencial ou pessoal: R$ 19,10
      • Terminal de autoatendimento: R$ 10,20
      • Internet: R$ 10,20
  • Santander
    • Transferências por TED
      • Presencial ou pessoal: R$ 17,40
      • Terminal de autoatendimento: R$ 9,40
      • Internet: R$ 9,40
    • Transferências por DOC
      • Presencial ou pessoal: R$ 17,40
      • Terminal de autoatendimento: R$ 9,40
      • Internet: R$ 9,40
  • Banco do Brasil
    • Transferências por TED
      • Presencial ou pessoal: R$ 19,05
      • Terminal de autoatendimento: R$ 10,18
      • Internet: R$ 10,18
    • Transferências pode DOC
      • Presencial ou pessoal: R$ 19,05
      • Terminal de autoatendimento: R$ 10,18
      • Internet: R$ 10,18

Para realizar qualquer transferência em dinheiro via TED e DOC da forma correta, é necessário inserir o código do banco na transação, evitando assim problemas como a devolução do valor transferido.

Confira a seguir quais são os códigos dos principais bancos do país para a realização de transferências em dinheiro por TED e DOC:

  • Bradesco: 237
  • Banco do Brasil: 001
  • Caixa: 104
  • Itaú: 341
  • Santander: 033

Quando utilizar TED ou DOC?

TED e DOC possuem a mesma finalidade: realizar transferências de valores em dinheiro para instituições bancárias diferentes.

Como você pôde ver no tópico anterior, os valores das tarifas de TED e DOC nos principais bancos do país são os mesmos, sendo assim, esse fator não precisa ser levado em conta na hora de escolher a melhor opção.

Caso você tenha pressa para que o valor transferido caia na conta do favorecido, a melhor alternativa é fazer a transferência do dinheiro por meio da TED uma vez que a transferência é efetivada rapidamente.

Entretanto, é necessário que a transação seja feita sempre até as 16h59 em dias úteis, caso contrário o dinheiro só vai cair no dia seguinte. Além disso você não precisa se preocupar com valores máximos ou mínimos para a transferência.

No caso do DOC, por sua vez, o valor máximo da transferência deve ser de menos de 5 mil reais e o valor vai demorar pelo menos um dia para cair na conta do favorecido.

A vantagem em transferir dinheiro utilizando o DOC é que é possível saber o horário máximo para que a compensação bancária ocorra no mesmo dia e se for o caso, o dinheiro cairá na conta do favorecido no dia seguinte, se for um dia útil.

Antes da transação ser efetivada, as instituições bancárias confirmam os dados informados e se porventura ao realizar uma transferência via TED e DOC você inserir algum dado divergente sobre a conta ou o titular da conta do favorecido, o valor será devolvido para a sua conta corrente.

Caso você cometa um engano e os dados informados sejam de uma conta diferente daquela para a qual a transferência deveria ser realizada, no caso do DOC, é possível cancelar a transação se dirigindo até a sua agência antes do prazo da compensação bancária e explicar o que aconteceu para o seu gerente.

Já no caso do TED, não é possível fazer o cancelamento, uma vez que assim que autorizado, o valor é liberado na conta do favorecido. Neste caso, a solução é entrar em contato com o mesmo e solicitar a devolução do valor.

Como economizar nas transferências bancárias?

Para economizar na hora de fazer uma transferência de dinheiro por meio de TED e DOC, o ideal é escolher o meio mais barato para realizar a transação.

Em geral, as tarifas para a realização de TED e DOC são mais baratas quando a transação é realizada por meio da internet ou dos caixas eletrônicos. Quando a transferência é feita presencialmente ou pessoalmente na agência ou pelo telefone, o valor cobrado é mais alto.

A vantagem é que a transferência pela internet é em mais prática do que a presencial e você pode fazer isso no site ou no app do seu banco, evitando ter de ir até a agência, enfrentar filas e ainda pagar mais caro pelo serviço.

Pode ser que o pacote de serviços contratado por você inclua um limite de TED e DOC a ser realizado mensalmente e você pode economizar caso não exceda esse limite.

Como você deve ter reparado, as tarifas cobradas pelo banco para a realização de transações via TED e DOC podem ser bem altos e caso você precise usar esse tipo de transferência frequentemente, seus gastos podem chegar a um valor elevado.

Para resolver esse problema, uma dica é abrir uma conta digital por meio da qual você pode realizar suas TEDs e outros tipos de transações bancárias sem precisar pagar por isso.

Agora você já sabe quais são as tarifas cobradas para realizar TED e DOC em diferentes instituições bancárias e o que você pode fazer para economizar na hora de fazer suas transferências em dinheiro.

Se você gostou desse artigo e quer ver mais conteúdo como esse, continue acompanhando as nossas publicações e confira também os nossos artigos anteriores.

Aqui no blog você encontra muito conteúdo que vai ajudar você a organizar melhor a sua vida financeira e escolher as melhores alternativas de investimento para aplicar o seu dinheiro. Fique ligado.

Artigos que podem ser úteis para você: Qual melhor investimento de renda fixa? | Seu primeiro investimento: CDB

 

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

Sobre Nós

A maior plataforma de investimentos do país. Encontre os melhores investimentos de acordo com seus objetivos gratuitamente.

Post Relacionados

aportes mensais

Aprenda a fazer este planejamento  Vocês já devem ter percebido que muitas

análise fundamentalista

Introdução à Analise Fundamentalista Você já ficou em dúvida sobre qual ação

filho

Confira as dicas Fazer investimentos é uma das melhores formas de conseguir

Seguir

Mais Assisitidos

Fechar Menu
Abrir Chat
Olá, tudo bem? Me chamo Rafael e sou economista, como posso te ajudar?
Powered by