Financiar ou investir/alugar na hora de comprar um carro/imóvel: o que vale mais a pena?

 

Você pretende adquirir um veículo e quer saber se vale mais à pena financiar ou investir o seu dinheiro para fazer essa compra à vista? Ou quer mudar de casa e está pensando se é melhor alugar ou comprar o seu imóvel e quer saber qual das alternativas é mais vantajosa.

Essa escolha pode não ser fácil, e para tomar a decisão mais acertada existem alguns fatores que você deve avaliar.

Tenha em mente que não existe nada de errado em optar por uma coisa ou outra, mas com certeza uma delas vai pesar mais no seu orçamento que a outra, por isso, é relevante avaliar as possibilidades.

Financiar ou investir? Alugar ou comprar? O que será que vale mais a pena na hora de decidir sobre o seu veículo ou a sua casa? É sobre isso que iremos falar no artigo de hoje, confira.

Financiar ou investir para comprar o seu carro?

Você quer trocar de carro, mas não tem o montante para realizar o pagamento à vista, por isso, pensa em fazer um financiamento. Mas você já parou para pensar se não seria melhor investir dinheiro por um tempo para realizar a compra à vista?

Nesse sentido, o que será que vale mais a pena financiar ou investir o dinheiro para a compra do veículo?

Pensando em termos financeiros, aplicar seus recursos pode ser mais vantajoso para você do que comprar o carro através de um financiamento.

Para explicar porque entre financiar ou investir a segunda opção é mais vantajosa, vamos mostrar uma simulação prática.

Vamos supor que você deseja comprar um carro cujo valor é 60 mil reais, optando por um financiamento de 48 mil reais mensais ao longo de 5 anos (60 meses), pagando de entrada um valor de 12 mil reais e parcelas fixas de 1219 reais, com uma taxa de juros de 1,5%.

Para essa simulação, vamos imaginar que a inflação tenha um valor 0 para facilitar a comparação ao longo dos anos.

Nesse caso, ao final do financiamento, você vai ter gastado um valor total de 85 mil e 133 reais.

Isso significa que, além dos 48 mil reais do preço do veículo, você gastou mais 37 mil e 133 reais.

Agora, se ao invés de contratar um financiamento, você pegar os 12 mil reais que pagaria de entrada e os 1219 reais das parcelas e investir em uma aplicação financeira com uma remuneração mensal de 0,5% ao mês, no final do mesmo período de 5 anos (60 meses), você vai ter acumulado 101 mil e 653 reais.

Fazendo as contas, você vai acumular 41 mil e 653 reais a mais que o valor total do veículo (60 mil reais).

O contra na decisão de financiar ou investir para adquirir o veículo, é que no segundo caso você vai precisar esperar por 5 anos para adquirir o bem.

Entretanto, a ideia aqui é justamente mostrar que, através de um bom planejamento financeiro, um pouco de paciência e disciplina para fazer o investimento, você pode obter uma vantagem financeira bastante considerável.

Entre financiar ou investir, a segunda opção é mais vantajosa também porque, quando você tem em mãos os recursos financeiros necessários para realizar a compra, você tem mais alternativas e pode negociar para garantir bons descontos.

Entretanto, antes de mais nada, na hora de decidir entre financiar ou investir o seu veículo, você deve se planejar financeiramente para não comprometer o seu orçamento e acabar ficando endividado. O que é mais um ponto positivo para escolher a segunda opção.

Comprar ou alugar uma casa?

Para analisar se é mais vantajoso comprar ou alugar um imóvel, também vamos avaliar as situações sob o ponto de vista financeiro, apenas, como fizemos com o veículo no tópico acima.

Entretanto, sabemos que nem tudo nas nossas vidas pode e deve ser decidido levando em consideração apenas o aspecto financeiro. De fato, existem alguns grandes sonhos que gostaríamos de alcançar ou algumas situações que vão além do dinheiro.

Escolher entre comprar ou alugar o seu imóvel depende também do momento em que você está na sua vida e nos objetivos que você pretende alcançar nos próximos anos.

Vamos agora analisar duas situações diferentes para definir se vale mais a pena comprar ou alugar o seu imóvel.

No primeiro caso, vamos falar sobre comprar ou alugar a casa à vista. Essa é a situação mais simples de responder, levando em conta o ponto de vista financeiro, entretanto a situação mais difícil de ocorrer, já que a grande maioria das pessoas não consegue poupar um valor suficiente para a compra de um imóvel à vista.

Neste caso, vamos imaginar que você queira comprar um imóvel no valor de 300 mil reais e que você tenha esse valor para fazer a compra à vista. Ao fazer isso, você gasta todo esse dinheiro, que poderia ser aplicado em um investimento de baixo risco.

Assim, você compra o imóvel, mas abre mão de um rendimento líquido mensal de cerca de 2 mil e 500 reais.

Agora pense… com esse valor, é possível alugar uma casa equivalente à que você gostaria de comprar? E a resposta é que é bem provável que sim. E ainda pode sobrar algum dinheiro.

Para a situação ser ainda mais vantajosa para você, é alugar um imóvel num valor de cerca de 1500 reais, e deixar a diferença para ser reinvestida, compensando assim as eventuais correções no valor do aluguel.

Assim, neste caso, avaliando apenas do ponto de vista financeiro, entre comprar ou alugar uma casa, a segunda opção é mais vantajosa.

E em relação ao financiamento, aí é mais vantagem comprar ou alugar a casa?

Neste caso, essa pode ser a dúvida da maioria das pessoas, já que a compra de imóveis por financiamento é bem mais comum.

A premissa de que muitos partem para escolher o financiamento, é que o dinheiro investido em um aluguel é jogado fora, o que, de certa forma, é uma verdade. Esse valor gasto todos os meses, não vai retornar para você.

Dessa maneira, muitos acreditam que comprando um imóvel financiado, ainda que tenham que pagar juros, vale a pena, porque significa investir em um bem do qual você é dono, o que também é verdade, até certo ponto.

Mas vamos fazer alguns cálculos para ver porque pode ser que entre comprar ou alugar um imóvel, se a compra for através de financiamento, o aluguel pode ser vantajoso.

Supondo a simulação a seguir:

  • Valor total do financiamento: 143.548,67 reais
  • Prazo para pagar: 420 meses (35 anos);
  • Juros: 9,30% ao ano, somados de TR;
  • Sistema de Amortização: SAC;

O SAC é conhecido também como um financiamento de parcelas decrescentes, no qual, todos os meses, é amortizado o mesmo valor do saldo devedor. Assim, os juros ficam menores a cada mês e a parcela também cai.

Na simulação acima, você pagaria a primeira parcela de 1466,55 reais e a última de 369,32 reais.

Como todos os meses o valor da parcela é amortizado do saldo devedor, a parcela final é o valor exato do que foi amortizado ao longo do financiamento. Entretanto, sabe o que isso significa de verdade?

Que na primeira parcela, apenas 369,32 reais serão de fato abatidos do saldo devedor, o valor restante, de 1097,23 é o valor dos juros. O que significa que quase 1100 reais foram desperdiçados, e a cada mês, acontece mais desperdício de dinheiro.

Sim, num financiamento, você acaba desperdiçando muito dinheiro, desta forma, entre comprar ou alugar o imóvel, porque a segunda opção seria mais vantajosa?

Veja a simulação a seguir:

  • Valor do imóvel: 361 reais;
  • Prazo: 420 meses:
  • Cota de financiamento: 80%;
  • Entrada: 72.200 reais;
  • Financiamento: 288.800 reais;
  • Amortização: SAC,

Neste caso, você financia um imóvel de 361 mil reais, com 72.200 de entrada e financiando os 288.800 reais restantes, pagando uma parcela inicial de 2942,68 reais e final de 717,73. Aqui, você começaria pagando 2200 reais de juros.

Para alugar um imóvel do mesmo valor, você conseguiria um aluguel de 1800 reais por mês.

Assim, se você pudesse pagar uma prestação de 3 mil reais para financiar, mas optasse pelo aluguel, sobrariam 1200 reais ao mês para que você possa aplicar em um investimento.

Investindo esse valor, num prazo de 15 anos você conseguiria comprar o mesmo imóvel à vista, e novo, diferente do que aconteceria quando você finalmente terminar de pagar o financiamento.

Assim, se você alugar um imóvel e investir o valor restante, você poderia comprar a sua casa própria em 15 anos. Também nesse caso, entre comprar ou alugar, considerando apenas o ponto de vista financeiro, a segunda opção é mais vantajosa.

Agora você já sabe o que vale mais a pena em na hora de decidir sobre o seu carro ou a sua casa, se é financiar ou investir ou se é alugar ou comprar o bem. E percebeu que tudo depende da sua situação financeira e das condições e valores em jogo.

Se você gostou desse artigo e quer ver mais conteúdo como este com dicas para melhorar a sua vida financeira, continue acompanhando as nossas postagens e confira também os nossos artigos anteriores.

Artigos que podem ser úteis para você: Melhores investimentos para o pequeno investidor | O impacto do CDI nos seus investimentos

 

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

Sobre Nós

A maior plataforma de investimentos do país. Encontre os melhores investimentos de acordo com seus objetivos gratuitamente.

Post Relacionados

quanto-custa-ter-um-animal-de-estimação

Você está realmente preparado para ter um? Ter um animal de estimação

como anda a educação financeira

Os Millennials lidão bem com dinheiro? A geração Millennial, também conhecida como

CCB

Saiba como identificar o seu ! Não tem jeito, os 7 pecados

Seguir

Mais Assisitidos

Fechar Menu