Rentabilidade bruta x Rentabilidade líquida

rentabilidade bruta x rentabilidade líquida

Você sabe a diferença?

A busca por uma maior rentabilidade leva muita gente a migrar da caderneta de poupança para outros investimentos de renda fixa. Mas como calcular a rentabilidade bruta e a rentabilidade liquida, e saber até que ponto as taxas e os impostos impactam na rentabilidade dos investimentos?

Antes de começar com os cálculos, é preciso entender os conceitos de rentabilidade bruta e rentabilidade líquida, que são essenciais para quem está começando a investir ou mesmo para quem já investe.

Rentabilidade bruta x rentabilidade líquida

Se você só leva em conta a rentabilidade bruta, cuidado! Falo isso porque ela não leva em conta as taxas e os impostos que são inerentes ao seu investimento. No final das contas, o que realmente importa é aquilo que você vai efetivamente receber, que corresponde a rentabilidade líquida somada ao valor que foi investido inicialmente, ou seja, rentabilidade bruta e rentabilidade liquida possui rendimentos distintos.

Se você é contratado sob o regime da CLT, podemos usar o seu salário como exemplo. Aquilo que você efetivamente recebe é diferente do registro na sua carteira de trabalho, certo? No mundo dos investimentos acontece o mesmo, mas o cálculo é um pouquinho diferente. Vamos detalhar esse cálculo nos próximos tópicos.

Impostos e taxas

Com exceção da LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e da LCA (Letra de Crédito do Agronegócio), os demais investimentos de renda fixa estão sujeitos ao imposto de renda sobre toda a rentabilidade do período. Que investimentos são esses?

Sobre a rentabilidade deve ser descontada a alíquota do IR de acordo com o prazo do seu investimento, já deduzido o valor do IOF se aplicável:

  • Até 180 dias – 22,5%;
  • De 181 a 360 dias – 20%;
  • De 361 a 720 dias – 17,5%;
  • Acima de 720 dias – 15%.

Exemplo: você investiu 1.000 reais em um CDB prefixado a uma taxa de 10% ao ano e vencimento em 721 dias (2 anos). Qual será o valor líquido de resgate? Antes de tudo, vamos precisar encontrar o valor bruto aplicando a fórmula abaixo:

Para que a fórmula dê certo, precisamos transformar a taxa de juros – que é dada em porcentagem – em um número decimal. Para isso, basta fazer a divisão por 100. Nesse exemplo, os 10% ficariam como 0,10 na fórmula.

Feitos os cálculos, chegamos no valor de 1.210, que corresponde ao valor bruto do seu CDB. Para encontrar a rentabilidade líquida, vamos pegar os 210 reais de rendimento e descontar a alíquota do imposto de renda. Como o prazo do investimento foi de 721 dias, que corresponde a 2 anos, o IR será de 15%.

E como o imposto de renda também é dado em porcentagem, também temos que fazer a divisão por 100 para a fórmula dar certo. Nesse caso, multiplicando 210 por 0,15 chegamos a 31,50 reais de imposto de renda.

Tabela IOF

Além disso, caso você solicite o resgate antes do seu investimento completar 30 dias, o IOF (Imposto sobre Operações Financeira) entra em ação. Da mesma forma que o IR, quanto menor for o período do investimento, maior será a alíquota cobrada, que vai de 96% no primeiro dia de investimento a 3% no 29º dia de investimento, conforme a tabela abaixo:

Exemplo: Se você comprou um CDB com liquidez diária no dia 2 de março, e precisou resgatá-lo no dia 17 de março, o IOF será de 50% sobre a rentabilidade, já que do dia que você aplicou até hoje se passaram 15 dias. Se a rentabilidade desse período foi de 10 reais, para achar o IOF pegamos 10 e multiplicamos por 0,5 (que equivale a 50%), onde o resultado é de 5 reais. Nos 5 reais que restam de rentabilidade calculamos o imposto de renda, que para aplicações de até 180 dias é de 22,5%. Multiplicando 5 por 0,225 (que equivale a 22,5%), chegamos no valor de 1,13, que corresponde ao IR. Dessa forma, o valor total de impostos no nosso exemplo foi de 6,13, que é a soma dos 5 reais de IOF e 1,13 real de IR.

Espero que tenham gostado do artigo. Em caso de dúvidas ou sugestões, não deixem de comentar!

 

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

Sobre Nós

A maior plataforma de investimentos do país. Encontre os melhores investimentos de acordo com seus objetivos gratuitamente.

Post Relacionados

aportes mensais

Aprenda a fazer este planejamento  Vocês já devem ter percebido que muitas

análise fundamentalista

Introdução à Analise Fundamentalista Você já ficou em dúvida sobre qual ação

filho

Confira as dicas Fazer investimentos é uma das melhores formas de conseguir

Seguir

Mais Assisitidos

Fechar Menu
Abrir Chat
Olá, tudo bem? Me chamo Rafael e sou economista, como posso te ajudar?
Powered by