Onde surgiu a expressão: Direita e esquerda?

Onde-surgiu-a-expressão-Direita-e-esquerda

Conheça de onde vêm essa expressão!

Podemos perceber em rodas de conversa e discussões políticas os termos “direita” e “esquerda são amplamente empregados, para qualificar ou desqualificar uma ideia, a respeito de um posicionamento o qual uma pessoa queira defender.

Estes termos causam uma forte incongruência, sobretudo após o século 19, pois houve uma radicalização ideológica de ambas as partes. Atualmente, existe uma polarização muito grande com relação a estes termos, causando polêmicas, brigas entre familiares e amigos. Mas, você sabe de onde vem a expressão direita e esquerda? 

Contexto histórico 

Os termos de direita e esquerda fazem alusão à Revolução Francesa. Em primeiro lugar, houve a convocação da Assembleia dos Estados Gerais em 1789. A França, até então, era composta por três Estados.

Em outras palavras, havia 3 classe sociais: O clero, representando toda a Instituição da Igreja; A nobreza que tinha como função atuar semelhantemente ao exército e batalhar defendendo o reino e, como terceiro Estado, estava todo o restante da população, sendo representados pela burguesia.

Desta forma, a Assembleia servia para entrar em um consenso sobre a crise econômica que estava no reino. No entanto, a burguesia que representa a massa da população contava apenas com um voto, enquanto o clero e a nobreza unidos, decidiam os rumos do reino sem perspectivas de iniciar uma economia voltada para o comércio.

Confronto

Por conta de muito conflito ideológico, foi criado uma Assembleia Nacional Constituinte, que foi uma tentativa do Antigo Regime Absolutista ter uma sobrevida.

Membros do Terceiro Estado se encontravam para reconfigurar o andamento da economia. Além disso, a burguesia exerceu protagonismo. Quem se sentava na ala à direita exigia uma revolução de caráter liberal condenando, portanto, todos os privilégios do clero e da nobreza. Entretanto, defendiam o direito à igualdade perante a lei -representavam o lado conservador e tradicional.

Já quem estava na ala esquerda queria, da mesma forma, o fim dos privilégios sob a ótica da luta pelos direitos da classe proletária e dos menos favorecidos que eram mais pobres. Essa era a ideia de buscar um bem estar da coletividade

Desta forma, surgiu a expressão “Você é de direita ou de esquerda?” Pois cada ala representava um ponto ideológico.

Poder da burguesia na França 

Os girondinos faziam parte da manutenção da ordem tradicional e, portanto da ala direita. Enquanto os jacobinos, considerados mais radicais ficavam na ala esquerda defendendo os interesses coletivos.

Vale destacar que os dois grupos faziam parte da burguesia e estavam dispostos a uma mudança na base política. A discussão gerou um efeito castacta que dissolveu a monarquia absolutista na França em 1789 em busca de representatividade.

Posteriormente, em 1814 a monarquia conseguiu a restauração após Napoleão Bonaparte perder uma batalha. A partir disso, a esquerda revolucionária começou a pedir cada vez mais por transformações. Com isso, a direita passa a ser quem defende a monarquia. 

Na revolução o liberalismo era apontado como sendo de esquerda. Com o passar de algumas décadas este modo de ver o sistema econômico passa a ser criticado por Karl Marx e outros socialistas, colocando o liberalismo em xeque e jogando-o para a direita.

A exceção é o Estados Unidos onde ser liberal é considerado um ponto de vista ideológico de esquerda. 


Em political compass você pode fazer um teste para saber se é de direita ou esquerda, liberal ou autoridade 

Direita vs. Esquerda 

Os dois segmentos ideológicos, tanto de esquerda quanto de direita assumiram uma forma radical e extrema ao longo da história, dentro de suas perspectivas, a fim de “ transformar a realidade do mundo”. 

Este panorama extremo só conseguiu força pois o agente de transformação foi o Estado por meio de medidas políticas para a implantação. Por exemplo, o fascismo e o nazismo na Itália e Alemanha – respectivamente – bem como o socialismo na URSS (União das Repúblicas Socialistas)

De modo geral a ótica de esquerda têm por essência as reformas de cunho social para a massa da população, ao passo que o ponto de vista ideológico de direita pleiteia medidas que impactem diretamente a liberdade individual. Na prática estes conceitos não são aplicados exatamente nestes moldes.

Centro 

Uma nuance da direita e esquerda está os partidos de centro, que continuam apoiando e apostando no sistema capitalista e que, do mesmo modo, se preocupa com as causas sociais.

Nada pode ser um empecilho para uma pessoa defender a legalização do aborto -que é uma pauta social- e preferir o livre mercado ao mesmo tempo, por exemplo. Se você ainda está em dúvida se o seu ponto de vista é mais para a ideologia de esquerda ou de direita no site Political Compass é possível ver um plano cartesiano a partir de um teste para fazer a identificação.

Plano Cartesiano

A identificação ideológica a partir de um plano cartesiano aborda noções tanto na esfera econômica quanto política. 

plano-cartesiano-politico-direita-ou-esquerda

O eixo horizontal refere-se à direita e esquerda enquanto o eixo vertical trata-se das gradações entre autoritário e libertário.

Ao acrescentar uma escala social é possível notar que Stalin foi um homem de posicionamento esquerdista, porém autoritário, no qual o Estado tem maior relevância que o indivíduo.

Enquanto Mandela tinha por convicção que as pessoas são mais importantes enquadrando-se mais perto do perfil de esquerdista liberal. Existe um antagonismo entre eles. Enquanto Stalin preza por um coletivismo arbitrário, no quadrante inferior existe um senso de coletivismo voluntário sem a necessidade de uma intervenção Estatal. 

A visão ideológica da equipe econômica a cada governo pode afetar e muito os seus investimentos. Por isso fique atento sobre qual é o ponto de vista do governo para antecipar as tendências e conseguir rentabilidades maiores com os movimentos do mercado 

Bons investimentos e até a próxima !!

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

Sobre Nós

A maior plataforma de investimentos do país. Encontre os melhores investimentos de acordo com seus objetivos gratuitamente.

Post Relacionados

quanto-custa-ter-um-animal-de-estimação

Você está realmente preparado para ter um? Ter um animal de estimação

como anda a educação financeira

Os Millennials lidão bem com dinheiro? A geração Millennial, também conhecida como

CCB

Saiba como identificar o seu ! Não tem jeito, os 7 pecados

Seguir

Mais Assisitidos

Fechar Menu