Como analisar candles?

analise de candles

Descubras as figuras de um candle na análise técnica

Ter acesso acesso às ações da renda variável é muito simples, através do homebroker, das corretoras. Porém, requer alguns cuidados ao iniciar sua jornada em busca dos dividendos e valorização do ativo. Pensando nisso, criamos este artigo para você saber exatamente como analisar os candles.

Se você não sabe o que é análise técnica e o que é um candlestick, não se preocupe, você pode conferir um artigo sobre isso clicando aqui para entender este método. Neste artigo vamos te ajudar a interpretar os candles de forma estratégica.

Tipos de candle

Para você entender como analisar os candles, é importante saber que existe alguns padrões de candlestick que se repetem ao longo do tempo. Isso vai te ajudar na hora de analisar o ativo. 

No caso da ação estar com poucas oscilações, nós dizemos que o papel está andando de lado. Caso você, se depare com um candle de reversão no momento em que o mercado não apresenta movimento de alta ou de baixa o ideal é desconsiderar este sinal. 

Isso porque, os fundos e os topos são praticamente iguais. Desta forma, é preciso aguardar mais sinais que ajudem a interpretar se terá uma mudança.

 Candle único

Um dos padrões mais populares é o candle com formato de martelo ou hammer como é usado em inglês. Ele possui um corpo pequeno e, um pavio maior. Este pavio, também chamado de sobra, tem o dobro do tamanho do corpo. Acima de tudo, quanto maior o pavio, mais significante é este sinal. Normalmente ele aparece depois de uma forte tendência de alta.

analise de candles: Martelo
O martelo é muito simples de identificar. Mas como analisar o candle? Agora que você já sabe identificar este padrão ficará muito mais simples de identificar uma reversão de tendência. 

Entretanto, não é sempre que aparecer um martelo que de fato terá outro movimento de mercado. O ideal é ficar de olho nos candles para ter a confirmação.

Analisar os candles: Por que se forma o martelo?

Quando muitos investidores se desfazem de suas ações, vendendo-as, o preço desse papel reduz consideravelmente. Além disso, existem alguns compradores que observam essa situação e encaram como uma oportunidade.

Em segundo lugar, esses investidores compram as ações e começa a surgir a figura do martelo. Esse padrão pode servir com uma saída para quem está operando vendido, enquanto para outros investidos, pode ser benéfico como uma posição de compra. Como resultado, o investidor compra no rompimento da máxima do martelo.

Vale lembrar que é de extrema importância colocar um Stop nas ações. Isso é possível após você estabelecer um preço alvo, de modo que você saiba o quanto quer ganhar, bem como o quanto está disposto a perder devido às oscilações no mercado. 

Se você gosta deste tipo de conteúdo fique à vontade para nos enviar, dicas, sugestões e comentários neste artigo. Além disso, você também pode se inscrever na nossa newsletter e receber conteúdos exclusivos no seu e-mail.

Bons investimentos e até a próxima!!

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

Sobre Nós

A maior plataforma de investimentos do país. Encontre os melhores investimentos de acordo com seus objetivos gratuitamente.

Post Relacionados

corretora para renda fixa

Existe diferença entre banco e corretora? A escolha da corretora que você

jovem investidor

É possível investir com pouco! Embora ainda não faça parte da cultura

Na hora de escolher os investimentos você já parou para se perguntar: Será que vale mais à pena um pré-fixado ou um pós-fixado?

Compare os investimentos e veja qual rende mais! Na hora de escolher

Seguir

Mais Assisitidos

Fechar Menu
Abrir Chat
Olá, tudo bem? Me chamo Rafael e sou economista, como posso te ajudar?
Powered by