Os 3 principais riscos nos investimentos!

Todos investimentos possuem riscos?

Quando falamos em riscos de perda do capital aplicado é de suma importância ter em mente que não existe ativo financeiro isento de risco. Desta forma, seja em renda fixa ou renda variável, sempre haverá riscos. Alguns investimentos, por sua vez, oferecem menos riscos que outros.

No entanto, quanto maior a possibilidade de retorno da aplicação, maior o risco. Portanto, sempre fique atento aos riscos envolvidos, nos investimentos não existe milagre, é sempre uma balança de RISCO e RETORNO.

Nesse artigo, abordaremos sobre os três principais tipos de riscos no mercado financeiro, e como você pode mitigá-los ao conhecer sobre as diferenças.

Risco de Liquidez

Liquidez significa a velocidade e facilidade com a qual um ativo pode ser convertido em caixa.

Para ficar ainda mais fácil, é comum ver nas corretoras CDB com liquidez diária. Mas o que isso quer dizer?

Esse CDB pode ser convertido em caixa a qualquer momento em D+1 (Em 1 dia útil), portanto esses no caso possuem alta liquidez.

Mas, também tem diversos outros investimentos que possuem baixa liquidez, sendo assim para converter em caixa esse capital investido, pode demorar semanas, meses ou até mesmo anos.

Como por exemplo, no caso de imóveis, o risco de liquidez é elevado, pois para vendê-lo ocorre uma certa burocracia e um valor considerável dependendo da localidade. E em momentos de crise, esse risco pode aumentar ainda mais.

Portanto, o risco de liquidez pode ser definido pela incapacidade de liquidar um ativo em determinado prazo.

Desta forma, tome cuidado com os ativos com carência, eles podem oferecer uma maior rentabilidade, porém se precisar do dinheiro em algum momento e ter que liquidá-los, pode não conseguir, ou até mesmo sofrer perdas em seu capital.

Risco de Mercado

O risco de mercado está ligado às perdas causadas pela volatilidade, ou seja, pelas oscilações dos investimentos.

Investimentos que se atrelam ao CDI, não possuem altas volatilidades, pois na maioria das vezes são títulos conservadores. Então não há um risco de mercado nessa modalidade.

Por outro lado, no mundo da renda variável, a volatilidade é extrema, portanto o risco de mercado é elevado. As ações das empresas são negociadas diariamente, e quanto maior as oscilações dos ativos, maior o risco presente.

As commodities também são ótimos exemplos, pois são extremamente voláteis e diversos fatores impactam os preços desses ativos. Contribuindo para um alto risco de mercado.

Como é possível reduzir esse risco?

O principal fator que pode minimizar esse risco, é diversificando a carteira de investimentos, tanto em renda variável como em renda fixa.

Em renda variável, a diversificação é possível ao investir em diferentes setores. Pois, se cair determinada ação, em outro setor pode ser benéfico.

Risco de Crédito

O risco de crédito é a possibilidade do devedor (instituições financeiras) não honrarem com seus pagamentos.

Esse risco está muito presente nos ativos de renda fixa, principalmente nos CDBs, LCs, LCIs, LCAs. Pois, há a possibilidade das instituições emissoras não honrarem com seus compromissos, e declararem falência posteriormente.

O ponto positivo, é que esses títulos privados mencionados acima, recebem a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) em até R$250.000,00 por instituição, limitada a quatro. E caso venham a falência, o capital é restituído dentro do limite.

Conclusão sobre os riscos 

E para minimizar esse risco, é preciso a diversificação do portfólio, e analisar as instituições financeiras, como o rating, balanço, entre outros.

Quanto mais conturbada for a situação da instituição, maior será a remuneração em seus ativos, e o risco de crédito também será mais elevado.

Esses são os principais riscos presentes nos investimentos, e como vimos no artigo, é possível minimizá-los, mas não eliminá-los.

Diversifique seu portfólio, e conheça o seu perfil de investidor antes de fazer qualquer investimento. Tem diversas oportunidades no mercado, basta procurar em nosso App!

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

Sobre Nós

A maior plataforma de investimentos do país. Encontre os melhores investimentos de acordo com seus objetivos gratuitamente.

Post Relacionados

Qual a importância da renda variável na carteira de investimentos? Engana-se quem

renda-fixa-no-exterior

Veja como lucrar no exterior!  Uma carteira diversificada não passa apenas por

taxa de custódia zerada

Vale a pena aplicar? Com o objetivo de aumentar a competitividade, o

Seguir

Mais Assisitidos

Fechar Menu
Abrir Chat
Olá, tudo bem? Me chamo Rafael e sou economista, como posso te ajudar?
Powered by